Sutiã


Infelizmente, seios caídos é um problema muito difícil de evitar. Não é simples porque depende de fatores como genética, alimentação, idade e até da amamentação. Mas não se desespere! Existe algo a ser feito. Você pode pelo menos controlar algumas das causas que estão acelerando esse processo. Como?
 É simples: se não quer ter seios caídos de forma precoce, é melhor parar com estes hábitos: 

 1. Dietas extremas O problema aqui é o efeito iô-iô. Ou seja, o emagrece, engorda, emagrece de novo, engorda de novo... Isso é terrível e certamente vai afetar os peitos. Sempre que você ficar mais gordo, seu tecido mamário se estende como elástico. E, quando você emagrece, o "elástico" se recolhe. A consequência disso é a desagradável flacidez.


2. Cigarro As consequências negativas do hábito de fumar serão principalmente nos pulmões e, em seguida, na pele. Este péssimo vício reduz a quantidade de oxigênio que vai para a pele. E até mesmo uma pequena quantidade de cigarro é capaz de provocar o envelhecimento precoce da pele.


3. Excesso de sol O sol é importante, pois é fonte da poderosa vitamina D, mas não dá para exagerar. A exposição da pele aos raios UV por muito tempo, sem aplicação de um bom protetor solar (que não contenha parabenos), resulta na perda de colágeno e, assim, no aparecimento de rugas prematuras. Infelizmente, a pele do peito é a que mais sofre com este erro.


 4. Sutiã frouxo Seja em casa, seja na academia de ginástica, gravidade é gravidade. Não entendeu? A gente explica: quanto mais você move os seus seios para cima e para baixo, mais a pele dos seios sofrerá. Portanto, você precisa de um sutiã com boa sustentação.

Mas há outra corrente que entende que o sutiã é um inimigo dos peitos e deve ser completamente banido. Para chegar a essa conclusão, Jean Dennis Rouillion, pesquisador da Universidade de Franche-Comté, na França, realizou uma experiência com 330 mulheres. O teste durou 15 anos. O professor usou voluntárias entre 18 e 35 anos que usaram sutiã desde jovens. Como suspeitava, o uso dessas peças íntimas tinha um efeito negativo e causava: - Flacidez na mama - Sensibilidade nos seios Durante a pesquisa, algumas voluntárias interromperam o uso do sutiã e tiveram um bom resultado: os seios se levantaram por 7 milímetros no final do estudo. Diante desse impasse, o que fazer: usar ou não sutiã?
 A escolha é sua. 
 Mas vale a pena observar todas as informações contidas neste post. Até mesmo a possibilidade de não usar sutiã (ou pelo menos diminuir o uso dele).


Contudo durante a amamentação deve sim se usar sutiã, pois os seios além de ficarem muito mais volumosos por causa do leite sofrem com as mamadas que puxam ele para baixo. Isso não deve ser motivo para diminuir ou impedir que você amamente seu filho. Até porque muitas mulheres assim como eu amamentaram e não tem seios caídos. Uma almofada em cima do seu colo para ajudar a sustentar o corpo do bebê fará com que ele fique na altura dos seus seios protegendo também suas costas.

Postagens mais visitadas